JA Teline V - шаблон joomla Форекс

Sititrel participa de reunião sobre a PEC 873 em São Paulo

Sititrel

A Proposta de Emenda à Constituição prevê reformas na previdência

Nesta terça-feira, 30, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose de Três Lagoas, representado pelo vice-presidente, Rodinei da Silva e o tesoureiro, Luís Fernando Treve, participou de uma reunião, na cidade de São Paulo, sobre a PEC 873 – Reforma da Previdência. O encontro foi organizado pela Federação do Papel dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. 

De acordo com o vice-presidente, Rodinei da Silva, mais importante que estar presente na reunião é lutar pelos direitos que podem ser perdidos pelos trabalhadores. “Temos que entender de uma vez por todas que somos uma única classe, trabalhador, precisamos de entendimento sobre o que está acontecendo na previdência para que possamos reagir”.

Outro ponto destacado pelos sindicalistas foi a MP 873, que aborda sobre a contribuição sindical, “é claro que a Medida Provisória atrapalhou e muito as entidades, porém, teremos que nos adaptar, espero que esses percalços nos deixem ainda mais fortes, estamos preparados”, finalizou Rodinei.A Proposta de Emenda à Constituição prevê reformas na previdência

Nesta terça-feira, 30, o Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Papel e Celulose de Três Lagoas, representado pelo vice-presidente, Rodinei da Silva e o tesoureiro, Luís Fernando Treve, participou de uma reunião, na cidade de São Paulo, sobre a PEC 873 – Reforma da Previdência. O encontro foi organizado pela Federação do Papel dos Estados de São Paulo e Mato Grosso do Sul. 

De acordo com o vice-presidente, Rodinei da Silva, mais importante que estar presente na reunião é lutar pelos direitos que podem ser perdidos pelos trabalhadores. “Temos que entender de uma vez por todas que somos uma única classe, trabalhador, precisamos de entendimento sobre o que está acontecendo na previdência para que possamos reagir”.

Outro ponto destacado pelos sindicalistas foi a MP 873, que aborda sobre a contribuição sindical, “é claro que a Medida Provisória atrapalhou e muito as entidades, porém, teremos que nos adaptar, espero que esses percalços nos deixem ainda mais fortes, estamos preparados”, finalizou Rodinei.